Coordenação

Ir. Zenilde Aparecida Fontes, FMA, nascida em Linha Rio Sapato, uma pequena localidade no município catarinense de Herval D'Oeste, salesiana, radicada no estado há mais de 20 anos e formada em Administração, ela quase completou os estudos em Pedagogia, fez um curso de aperfeiçoamento na Pontificia Facoltàdi Scienze dell'Educazione Auxilium em Roma, especialista em juventude.

"Com os olhos fixos no Senhor, ponho-me a caminho", com este lema de vida, a irmã se define como uma pessoa esforçada, persistente e que está em constante busca. "Uma pessoa de fé. E é isso que dá sentido à minha existência".

Já trabalhou por 12 anos com a Articulação da Juventude Salesiana (AJS), participando e ajudando na agremiação de grupos por interesse com jovens estudantes do Instituto Maria Auxiliadora em Rio do Sul, Santa Catarina e do Instituto Laura Vicuña, na cidade de Uruguaiana, Rio Grande do Sul.

Movida pela experiência "de fazer uma caminhada onde, ao longo do caminho, as respostas vão sendo encontradas", irmã Zenilde empreendeu um trabalho de campo, por todo o estado gaúcho, quando assumiu a tarefa de contribuir  com a evangelização da juventude no estado, já há três anos.

Ir. Zenilde sempre primou pelo trabalho de equipe que a acompanhava a cada passo. Juntos detectaram  que muito trabalho estava sendo feito no Rio Grande do Sul, mas sem articulação ou mesmo integração aos outros setores das Arqui/dioceses. De acordo com a coordenadora, a sinergia de conjunto com os bispos, as dioceses e os coordenadores de pastorais foi fundamental para atingir o que têm hoje: uma experiência ímpar no Brasil quando o assunto é a evangelização da juventude. "Dessa conversa nasceu o Eaí?Tchê, que não é um espaço de representação, mas sim de participação", faz questão de frisar aquela que é, ao mesmo tempo, líder da iniciativa e apenas mais uma participante.

×

Atenção

JLIB_CLIENT_ERROR_JFTP_WRITE_BAD_RESPONSE