1º Encontro de Jovens "Nova Geração Católica" reuniu mais de 350 jovens em Tiradentes do Sul

Mais de 350 jovens participaram do 1º Encontro de Jovens “Nova Geração Católica”. O evento aconteceu no dia 23 de agosto, na cidade de Tiradentes do Sul, diocese de Frederico Westphalen.

O padre que acompanha o grupo de jovens da cidade e que esteve na organização do evento é Rudinei Negri, que comenta que o grande objetivo de formar a nova geração católica é no sentido de seguir o caminho de Jesus Cristo. “Então, todo o trabalho do encontro foi voltado a orientar os jovens no caminho de Jesus Cristo”, acrescenta Pe. Rudinei.

Durante o dia, diversas atividades foram organizadas. Pela manhã, logo após a acolhida dos jovens, houve a Santa Missa, com o bispo diocesano Dom Antonio Carlos Rossi Keller. O bispo comenta que a expectativa com o encontro é de esperança e essa, de certa forma, está em realização, pois várias atividades em torno da juventude estão acontecendo. Dom Antonio ainda fala sobre o projeto e o processo da diocese: “Muitas iniciativas visam ir ao encontro, acolher, formar educar e enviar a juventude. É um processo dinâmico de uma Igreja que entende que sem a juventude ela não tem futuro. Mas, também o futuro que a juventude traz não é algo que vai acontecer a alguns anos. Já é uma realidade presente”, afirma.

Após a celebração, ocorreu a caminhada da juventude e à tarde, músicas, animações e apresentações teatrais animaram os jovens presentes. Nessas atividades, cada grupo teve um espaço para realizar algum tipo de apresentação. Em seguida, uma reflexão em grupo foi realizada para falar da participação da juventude na comunidade.

Grande número de jovens se deslocou de suas cidades para participar. Daniel Candaten, de Passo Fundo, disse que o encontro foi muito bom, pois várias dinâmicas e trabalhos em grupo foram proporcionados ao longo do dia. “Tivemos parte espiritual e boa parte dos jovens sentiu falta de uma palestra formativa durante o encontro, que não teve nada em relação a isso. Mas, valeu muito apena e agora é voltar para nossas paróquias para colocar em ação nosso ânimo e nosso entusiasmo, para atrair mais jovens para dentro da Igreja”, ressalta Daniel.

O bispo diocesano Dom Antonio ressalta que há uma grande força da juventude na diocese e que em todas as paróquias há a presença dos jovens. “Nós estamos fazendo aquilo que como Igreja devemos fazer que é organizar e, de certa forma, ajudar os nossos jovens a encontrarem a autêntica acolhida”, destaca.

Quanto ao surgimento desse novo grupo na diocese, o Pe. Rudinei Negri comenta que estão mobilizando os jovens e que uma nova geração está surgindo, composta tanto de coroinhas e adolescentes, quanto o grupo de jovens em geral. “É todo um trabalho e processo que demora anos para se converter num grupo de jovens, que de fato esteja ligado com a Igreja”, afirma.

Daniel, jovem participante do encontro, ainda comenta: “Acho que estamos no caminho certo e como dizia papa Francisco, precisamos de uma Igreja de fora para dentro e estamos trabalhando para isso, principalmente com os jovens, buscando jovens de fora e trazendo para dentro da Igreja”.

Como mensagem final, Dom Antonio deixa um recado: “A Igreja tem que ser casa, família e escola da juventude. Casa que acolhe, família que ama e escola que ensina. Que nós consigamos de verdade, fazer com que em todas as paróquias, os jovens se sintam acolhidos, amados e formados.”

Lida 577 vezes

Notícias por Diocese

Acesso Privado

Últimos Eventos


Sem eventos

Apoiadores

×

Atenção

JLIB_CLIENT_ERROR_JFTP_WRITE_BAD_RESPONSE