Pastoral da Juventude Rural realiza Escola Estadual de Formação em Morro Azul



Pastoral da Juventude Rural realiza Escola Estadual de Formação em Morro Azul
10 Março
2016
Escrito por: Anelise Becker Vieira
Publicado em: Osório


Entre os dias 24 a 28 de fevereiro, a Pastoral da Juventude Rural (PJR) realizou a Escola Estadual de Formação, na comunidade de Morro Azul, em Três Cachoeiras, como parte do processo formativo da juventude camponesa no Rio Grande do Sul.
Após os cinco dias de muito estudo, reflexão da caminhada da juventude camponesa, de partilha da vida, dos sonhos e das lutas do jovem na roça, os participantes adquiriram maior formação humana, amadurecimento na fé, aprofundamento da espiritualidade, e firmar a sua identidade de jovens militantes de uma pastoral social a serviço da juventude da roça. 
O grupo fez estudo da Análise de Conjuntura, com o objetivo de estudar os diversos fatos da sociedade, para que possamos compreender seu funcionamento. Conhecer a realidade, para atuar de forma mais correta. Teve como mediadores: Fabrício Raupp, Gervásio Toffoli, Leonardo Maggi, Eduardo Cardoso e Augusto Bobsin. 
Os jovens também debateram sobre Agroecologia, com Cláudio Alberto dos Santos. A agroecologia, enquanto uma ciência emergente que estuda os agroecossistemas integrando conhecimentos de agronomia, ecologia, economia e sociologia. Busca desenvolver um sistema produtivo baseado nos princípios da vida, da sustentabilidade, solidariedade, a partir de um projeto agrícola socialmente justo, economicamente viável e ambientalmente correto.
O padre Luciano Motti contribuiu na assessoria trazendo o tema da Campanha da Fraternidade, Casa Comum: nossa responsabilidade, bem como da Encíclica do Papa Francisco, Laudato Si'- Louvado Sejas! Trouxe a reflexão de como a fé pode contribuir para a superação da crise ecológica e como as ações das pequenas comunidades onde vivemos, podem sinalizar uma nova civilização.
Os jovens tiveram a oportunidade de participar de diversas oficinas na tarde da sexta-feira (26/2), como: Saúde alternativa; Fotografia; Mística; Caldas e biofertilizantes; Música e Pintura, com a confecção da bandeira da PJR.
No sábado (27/2) o grupo fez visitas às propriedades agroecológicas, na Agroindústria Morro Azul e a Família Fernandes, na Raposa. Neste mesmo dia, receberam o bispo da Diocese de Osório, Dom Jaime Pedro Kohl. O bispo falou sobre a importância que a PJR tem no serviço de evangelização da juventude do campo, bem como de seu trabalho, na produção de alimentos saudáveis. Na mesma noite, a comunidade de Morro Azul, o padre Marcelino Willrich, e a juventude celebraram uma bela missa, rica na simbologia do trabalho e da vida dos jovens camponeses. E para finalizar, o último dia foi de vivência e confraternização na praia.
 O jovem Natan Fernandes, falou do orgulho de trabalhar com a terra. "Sou um jovem do campo, tenho orgulho de ser agricultor, e cuido da terra como se cuida das pessoas ao nosso redor. A PJR contribuiu para que possamos dar valor a terra, a viver com dignidade e qualidade de vida no campo", declarou.

Lida 433 vezes

Notícias por Diocese

Acesso Privado

Últimos Eventos


Sem eventos

Apoiadores

×

Atenção

JLIB_CLIENT_ERROR_JFTP_WRITE_BAD_RESPONSE