Audiência: A terapia da esperança



Audiência: A terapia da esperança
24 Maio
2017
Escrito por: Cássia Nunes
Publicado em: Regional

Durante a última Audiência Geral, nesta quarta-feira (24/05), o Papa Francisco conduziu o momento falando sobre “A terapia da esperança”.

Em sua catequese, comentou a experiência dos dois discípulos que seguiam de Jerusalém para Emaús, de que fala o Evangelho de Lucas. Dois homens caminhavam desiludidos após a morte de Jesus. Caminhavam tristes, porque viram morrer as esperanças que tinham depositado em Jesus. O segredo da terapia está nisto: mostrar à pessoa que, apesar das aparências em contrário, continua a ser amada por Deus; Ele nunca deixará de lhe querer bem. Vendo-os tristes, Jesus começa caminhar junto e perguntar o motivo da sua tristeza, que Ele bem conhece, mas quer ajudá-los com aquela tristeza que fazia parte deles no momento.

É preciso trazer para a nossa realidade hoje! Quantos de nós muitas vezes caminhamos tristes, desiludidos e sem esperança com algo que aconteceu? De fato, somos como os dois discípulos deste Evangelho. Porém, é preciso que tenhamos a certeza de que assim como eles, Jesus está sempre caminhando conosco, basta olharmos para perceber a sua presença e ação em nossa vida.

Após caminharem durante um longo tempo, os discípulos chamam Jesus para ficar, pois já estava tarde. Com eles, Jesus repete o gesto da Eucaristia: tomou o pão, pronunciou a bênção e, depois de o partir, o entregou. Neste momento então, os discípulos percebem a presença de Jesus no meio deles.

O encontro de Jesus com os dois discípulos é rápido. Mas nele está todo o destino da Igreja. Nos fala que a comunidade cristã não está fechada numa cidadela fortificada, mas caminha no seu ambiente mais vital, isto é, na rua. E ali encontra as pessoas, com suas esperanças e suas desilusões. A Igreja oferece escuta a todos, para depois oferecer a Palavra de vida. E então o coração das pessoas volta a arder de esperança.

"Todos na nossa vida tivemos momentos difíceis, momentos em que caminhávamos tristes, desiludidos, sem horizonte, somente com um muro diante de nós. Jesus sempre está do nosso lado, para nos dar esperança. Para nos aquecer o coração. Ele nos diz: vai avante, estou com você, prossiga”, disse o Papa.

Ao encerrar sua catequese, o Pontífice nos deixa uma mensagem, trazendo-nos a certeza de que o segredo do caminho que conduz a Emaús está aqui: apesar das aparências contrárias, nós continuamos a ser amados por Deus; Ele jamais deixará de nos querer bem. Que possamos sempre lembrar, Deus caminhará conosco sempre, mesmo nos momentos mais dolorosos, nos momentos mais duros e de derrota. Ali está a presença do Senhor. E esta é a nossa esperança, prossigamos com esta esperança, porque Ele está do nosso lado caminhando conosco, sempre!

Lida 216 vezes

Notícias por Diocese

Acesso Privado

Últimos Eventos


Sem eventos

Apoiadores

×

Atenção

JLIB_CLIENT_ERROR_JFTP_WRITE_BAD_RESPONSE