Pastoral da Juventude de Santa Maria realiza Projeto de Vida de Jesus Cristo na 2ª Etapa da Escola da Juventude

- “Para libertar os oprimidos, recuperar a vista aos cegos e a anunciar a Boa-Nova aos pobres” –

Nos dias 20 e 21 de junho, estiveram reunidos em Nova Palma, cerca de 50 jovens, participando da 2ª etapa das Escolas da Juventude, estas que se encontram divididas em Escola 1 e Escola 2. A primeira para aqueles jovens que estão iniciando sua caminhada no grupo de base, a segunda para que possam se inserir e se aprofundar ainda mais na vida pastoral.

A Pastoral da Juventude segue a formação integral, e neste sentido o tema de ambas as Escolas foi o Projeto de Jesus Cristo. Na Escola 1, este projeto foi apresentado, remetendo a ideia de um Messias e suas propostas contemporâneas. Quais são os Messias que nos são apresentados hoje? Quem nos fornece a libertação? Que diferentes Cristos nos são apresentados? Cristos generais, Cristos revolucionários, Cristos vingativos... E isso porque cada pessoa, a partir do seu contexto, compreende a figura de Jesus de uma forma diferente. Porém em um sentido Cristo humano, que nasceu em Belém, cresceu em Nazaré e entregou sua vida em Jerusalém. Por meio de Maria, que apontava a vontade de Deus, Jesus começou a colocar seu Projeto em prática. Assim como Maria, nós também devemos olhar para o sofrimento do povo e apontar as respostas que Jesus Cristo convida-nos a dar. Os jovens também contextualizaram o Projeto de Jesus Cristo para os dias de hoje, situações que levam à morte, à fome, à tristeza, ao legalismo fechado, à discriminação – por credo, gênero e raça. Os jovens firmaram compromisso de viver esse Projeto, anunciando e denunciando tudo aquilo que não promove a vontade de Deus.

Na escola 2, em sua segunda etapa, os jovens foram convidados a pensar sobre seu projeto de vida. Foram desafiados para ir além de objetivos próprios, mas pensar no coletivo, para que se possa através destes projetos, contemplar também o projeto de Jesus Cristo e assim, ideais que envolvam o cuidado com a vida, não apenas da juventude, mas também com questões que abrangem a sociedade. Foram convidados a pensar questões sobre Redução da Maioridade Penal e Reforma Política.

Ambas as escolas foram convidadas para sair em missão, para conhecer o território que estava às acolhendo nesta ocasião. Os integrantes de cada escola foram misturados e distribuídos em cinco pontos da cidade. E assim, visitaram casas da comunidade, entrando em contato com as pessoas, conhecendo suas histórias de vida, aproximando-se de uma realidade, escutando relatos e experiências de vida. A partilha dessa missão, foi um lindo momento de emoção e aprendizado, pois as palavras trocadas propiciaram que os jovens dividissem suas experiências, expressando suas impressões e sentimentos ao executar a missão. A participação na missa de domingo pela manhã fez também parte das atividades junto à comunidade de Nova Palma.

E desta maneira, o final de semana foi de reflexão, oração, doação, de escuta e comprometimento, crescimento e fortalecimento. A doação vem da Paróquia da cidade, que mais uma vez abrigou os jovens para esse momento, das pessoas que recepcionaram os jovens em sua missão; dos assessores; dos jovens que lá se disponibilizaram para mais uma vez se reunirem para construir e planejar seus projetos de vida, e pensar a importância da Pastoral da Juventude, agregando à ela o cuidado com a vida, jovem e da sociedade, alimentando o projeto de Cristo.

E, com isso, a juventude sonhadora e comprometida vai crescendo, aprendendo, experimentando, buscando, e sendo Pastoral da Juventude. Ser Pastoral implica cuidado, amor, determinação, utopia, e a certeza de que nos pequenos gestos somos capazes de atingir singelos e significativos ideais.

 

 

 

 

               

                                 

 

               

               

               

 

 

Lida 552 vezes

Notícias por Diocese

Acesso Privado

Últimos Eventos


Sem eventos

Apoiadores

×

Atenção

JLIB_CLIENT_ERROR_JFTP_WRITE_BAD_RESPONSE